Pages

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Gaivota Praieira

Fotos
O voo da gaivota é lindo
Serenamente a sobrevoar
A liberdade dos seus movimentos
Fascinam tanto vou me libertar

Me sinto uma gaivota praieira
voando livre a te conquistar
Toda beleza emana dos teus olhos
Misteriosos sempre a me chamar

O sol espraia neste meu viver
Raios de amor, esperança e luz
Ouço acordes de uma sinfonia
Se tentei vivi, vida é poesia

O voo da gaivota me seduz
Belo e altivo como o sol
Livre como o tempo e o vento
Me leva em suas asas gaivota praieira
Me ensina viver, confiar no futuro
Me ensina o caminho da liberdade,
Onde o amor não tem limite,
Onde o real e o sonho se confundem
Num tom místico
Este é o meu canto
Para uns veneno,
Para outros, remédio salutar.
Se tentei vivi, vida é poesia!

(Nice Veloso)

quinta-feira, 27 de maio de 2010

A iniciativa de criar valor em si mesmo

"Sempre que te perguntarem se podes fazer um trabalho, responde que sim e te ponhas em seguida a aprender como se faz."
(F. Roosevelt)
"A diferença entre as pessoas que têm iniciativa e as que não têm é a diferença entre o dia e a noite."
(S.Covey)

"Toda reforma interior e toda mudança para melhor dependem exclusivamente da aplicação do nosso próprio esforço."
(Kant)

"Se espera criar outras pessoas, desenvolva primeiro a si próprio. Se entrar em ação, as pessoas o seguirão. Elas aprendem observando o seu aspecto e comportamento. A excelência de sua personalidade é o que toca o coração dos outros; é o que os inspira ao autodesenvolvimento.
A vida será prazeirosa se houver o desenvolvimento pessoal."

(Daisaku Ikeda)
(TC Novembro de 2009)

Reflexões sobre "a iniciativa de criar valor em si mesmo"

Toda mudança é difícil, mas o importante é dar o primeiro passo. É ter o desejo de mudar e não se deixar levar pelas tendências. A mudança acontece quando quebramos barreiras e rompemos limites, é quando deixamos de lado os sentimentos que nos acorrentam, como por exemplo: a arrogância, o orgulho, a prepotência, a vaidade, o egoísmo, entre outros; todavia ficamos sentados em nossa zona de conforto esperando que algum Super Herói faça algo surpreendente. Fico contente em saber, que existem pessoas em cada canto do mundo preocupadas com a preservação do meio ambiente, com as nossas crianças, com os idosos, enfim, são pessoas de iniciativas para contribuição no desenvolvimento do ser humano e do bem estar social, onde a dignidade da vida, principalmente de nossas crianças, seja prioridade.Termino aqui, com algumas palavras do historiador britânico Arnold Toynbee: "Nós não estamos fadados à repetição da história. Ela se revela. Os nossos esforços fazem a diferença."

(Nice Veloso)

Roldão do Tempo

Paisagens



Ah! Que saudades tenho do meu lugar
Recordações do passado me fazem cantar
No Monteiro eu nasci, no Jenipapo me criei
Na Fazenda Sítio Novo tantas coisas lá deixei
Eu sou Nice de Sapé, filha de seu Joaquim
Alguns irmãos se foram cêdo
Mais ainda estou por aqui
Nos meus momentos de tristezas um sabiá
Cantarolava lá na mangueira pra me consolar
Sapeaçú na Bahia, solo que já cultivei
Minha infância querida, sorrir, brinquei e chorei
Tudo isso me serviu, de uma grande lição
Pra semear o amor com muita determinação.


(NiceVeloso)


quarta-feira, 26 de maio de 2010

A tua presença

E tudo começou num verão.
O sol irradiando sua infinita beleza e espraiando seus raios cintilantes por toda parte. Iluminando tudo num tom místico, clareando e aquecendo cada canto escuro e mofado do meu viver.
O azul do céu e do mar, a areia branca e uma brisa refrescante balançando as palhas dos coqueirais, davam um visual estonteante de um lindo dia de verão.
Itapoan! Quanto mistério! Sina ou maldição? Tudo ficou registrado nas ruas onde a vida vive ou nas ruas onde vive a vida?
Namorados à beira mar olhando o deslizar harmônico dos barcos, o vôo livre e solitário de uma gaivota praieira. Sentada numa pedra pude observar o contraste do cenário natural com a miséria humana chamada Civilização. Lembrei-me o quanto discutia-mos sobre Reich, do seu livro "Escuta Zé ninguém".
Resolvi caminhar um pouco e ainda ontem senti teu cheiro nas ruas de Itapoan!
Ah! A tua presença! Não sei quanto quero, nem como quero. Só sei que te quero muito, muito, cada vez mais, fulgurando meus lindos dias de verão!

Tributo a Raulzito

Foi numa música que ele me falou
Tente outra vez e recomece andar
Misture tudo num romance astral
Aprenda e seja um maluco beleza
Misture tudo com a sua lucidez
Se não deu certo, tente outra vez

Faço um tributo ao meu ídolo
Da juventude
Este tributo é pro saudoso
Raulzito
Sua mensagem
Está gravada no infinito

terça-feira, 25 de maio de 2010

Canção estradeira

Andei por este sertão abrasador
E muitas coisas por lá eu vi
Eu vi a seca destruindo o sertanejo
Não tem mangueira, acerola,
Ou sapotí
Vitalina anda léguas atrás d'água
Que vida dura vive o povo da li
É bom saber que na vida tudo passa
Passa o amor, a lembrança até a dor!
Resta a esperança no coração sertanejo
Que sobrevive a fome,a seca
Ao Deus dará
Poeira,estrada,mato seco e mais nada
Só o velho Chico no seu curso a deslizar

(Nice Veloso)

Desculpas

Desculpem pelas minhas falha
Pelo carinho que não demonstrei
O meu amor é tão intenso, tenso,
Eu quase sufoquei.
Foi por amor
Que rasguei o verbo
E fiz também das tripas coração
Agora estou morrendo de saudades
Por isso fiz esta canção

(Nice Veloso)

Amigo vento

Com o meu canto triste
Fiz esta canção
Vou chamar o vento
Pra dar fim nessa minha
Solidão!
Vento, vento, vento
Não vai tão devagar
Voa mais que o tempo
Pra logo chegar
Leva este meu canto
De uma profunda emoção
E traz o meu amor
Pra dar fim nesta minha solidão!


(Nice Veloso)

Olhar carente

Hoje fiquei a pensar
Em toda situação
Para dizer o que acho
Da tua indecisão
Porque negar
Este nobre sentimento
Ficando assim
Tão sozinho
Em silêncio
Os olhos falam
O que o coração sente
No teu olhar tão carente
Percebi sutilmente
A tua solidão

(Nice Veloso)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Arembepe

Aquele dia foi tão negro
Núvens tão escuras
O mar tão tenebroso
Cheio de mistério.
Meu coração
Tão jovem e puro
Cheio de amor
E esperança!
Diante daquela noite,
Tudo se perdeu
Veio o temporal
Uma chuva fria
Uma brisa gelada
De pseudos profetas
E pseudos humanos
Uma noite triste
Inesquecível!
Trago na lembrança
A dor de uma criança
Em meio a um vendaval
Arembepe,
Proscênio perfeito
Para o desenrolar
De uma pragmática
Comédia humana!

Porto das estrelas

Quero encontrar
Toda alegria que perdi
No mistério que é teu corpo
E que um dia possuí

Nosso leito,areal, coqueiro e mar,
Ilusões, saudades mil
Ah! Que vontade,
Que vontade de te ter
No clarão da lua cheia junto ao mar

Quantas saudades
Quantos sonhos dissipados
Quantas esperanças mortas
Quantas sombras no jardim

O coqueiral
Lá do fundo do quintal
Viu-me pousar seminua
Numa noite de luar
E no porto das estrelas
Nos meus sonhos pude tê-lo,
Por inteiro e amar

(Nice Veloso)

Suingue Baiano

Menina não fique triste
Não é preciso chorar
O Carnaval está te esperando
E nesse suingue vamos dançar

Demonstra pra toda essa gente
O que a Baiana tem
Essa mistura de cor,
Cultura e raça nos faz muito bem

Menina não fique triste
Não é preciso chorar
Ouve o som da guitarra Baiana
Que os seus acordes veio te chamar

Em Salvador não há espaço
Para qualquer discriminação
Todo Baiano é alegre
Dengoso, manhoso,
Preguiçoso não

Todo Baiano é alegre
E da nossa alegria
Não abrimos mão

(Nice Veloso)

Mistura fina

Vida, alegria, felicidade é o povo da Bahia
Canta rock,reggae, hap, canta axé
Samba no pé, samba no pé
Canta pagode, sertanejo e forró
E o remelexo menina,
Samba no pé
Cantando jazz, funk e cantando blus
Se espante não, se espante não
Dessa mistura tá surgindo um bolão
É que Baiano é assim
Se falta sal, mais uma pitadinha aí
Vamos temperando a massa
Até ficar legal
Festa de largo, axé e folia
Está pronto o Carnaval
Mistura fina, mistura fina
Mistura fina é o remelexo da menina

(Nice Veloso)

Liga pra mim vídeo 1.wmv

Sob o brilho das estrlas

Não posso esquecer
A beleza do teu sorriso
Tive o céu como abrigo
Numa noite de fantasia,caminhei
Viajei na luz do infinito
No íntimo das pessoas felizes,eu e você
Curtindo sob o brilho das estrelas


Noite crispada de sonhos e desejos
Aquecem de novo o meu peito
Me sinto feliz é o amor com seu sujeito
A navegar sob o brilho das estrelas


Talvez sirva apenas para marcar
O nosso destino,eu e você
Sob o brilho das estrelas

Como as pedras que ficam
Ao longo do caminho eu e você
Sob o brilho das estrelas

(Nice Veloso)

sábado, 22 de maio de 2010

Por que te calas?

Por que te calas,
Fechas-te como uma ostra?
Por que não cantas, dança
E solta à criança, a mulher,
A poetiza dentro de ti?
É preciso viver,
Amar, chorar, sorrir,
Confiar no futuro.
É preciso ser feliz!
Pense na beleza que é a vida,
Nos amores, dores, cores, flores,
No azul do céu e do mar,
No verde que simboliza esperança.
Sinta a cada manhã
O brilho do sol em seu rosto
E em cada olhar!

(Nice Veloso)

Canto de Um Colibri

Neste caminhar sozinha
Nesta longa estrada
Muito aprendi mas,
Quase não sei nada
No tempo um vazio,
Sua voz se cala

Vou misturar o canto
De todos os pássaros
Do meu lugar
Para recordar o seu canto
Cantando cantigas
Pra me ninar

Cadê os nossos arvorêdos
Nossa passarada
Os nossos passeios
Orvalho madrugada
Não sei se Led Zeppelin,
Cordel ou Luiz Gonzaga

Me fazem sentir tanta falta
Do lindo canto de um colibri
Eu canto pra deixar fluir
O amor intenso
Que tenho em mim!

(Nice Veloso)

Revolução Humana

"A grandiosa Revolução Humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e, além disso, será capaz de transformar o destino de toda humanidade."

(Daisaku Ikeda)

"São flores de lírio brancas e perfumadas
que aqui se reuniram. São corações sublimes.
Num elo de amizade."

(Jossei Toda)

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Pense Nisso!!!

"As histórias de nossa vida
Não são tragédias sentimentais,
Tampouco breves narrativas.
São épicos jubilosos cheios de esperança,
Que conduzem ao caminho da felicidade
E da vitória.

(Daisaku Ikeda)

Submundo

É contundente as condições
Em que se encontram essa gente
Vivem com fome e sem razão para viver
Não tem acesso a escola
Sem morada pedem esmola
No viaduto não é lugar pra se viver
Somos iguais perante a Lei do universo
Essa verdade é impossível ignorar
A natureza está morrendo
E seus filhos sofrendo
Não faz sentido,a guerra tem que acabar
Dizendo não a bomba nuclear
Nagasaki e Hiroshima
Ainda me fazem chorar!

(Nice Veloso)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Laços de vida a vida !!!


"Sempre que sentir a minha falta,
Olhe para o sol que desponta [ao amanhecer]
E para a lua que surge ao anoitecer.
Não importa o momento,
Estarei refletido no sol e na lua."

(Nitiren, "Carta à monja leiga de Ko")

Canção de Liberdade

Ô Marley, ô Marley
Estou cantando canções
Que falam de liberdade.

Escuta meu amigo Marley
A vida está difícil aqui
Os sentimentos que acorrentam
Não deixam sorrir
Vamos viver o amor
O preconceito não está com nada
Não vivam só de ilusões
Reflitam sobre a verdade
Traduzam Reggae em amor
Cantem canções
Que falam de liberdade
Canções que falam de liberdade

Ô Jah, Jah, Jah, Jah Rastafary
Canções que falam de liberdade

(Nice Veloso)

Meu Coração é o Seu Lugar


Tudo me faz lembrar você
Nessa manhã
Abro a janela
E deixo a luz do sol entrar
Para aquecer
Meu coração e o meu cantar

Venha comigo ser feliz
Mais uma vez
Não deixe o tempo
Apagar nossa paixão

Ah! Que saudade
Sinto falta
Dos seus beijos
Minha vida com você
Sinceramente
É mais feliz

Quero de volta
Seu amor e seu carinho
Porque no meu coração
Está guardado o seu lugar

(Nice Veloso)

Selva de Pedra


Tudo não passa de um lindo sonho
De uma menina do interior
Tentando a vida na cidade grande
Uma selva de pedra, um jardim sem flor

Passa o tempo procurando um jeito
Nessa vida louca se realizar
Quando se entrega ama de verdade
Porque é preciso acreditar no amor

No amor, no amor, no amor
Porque é preciso viver com amor
Amor, amor, amor
Porque é preciso dividir o amor
Amor, amor, amor

(Nice Veloso)

Registro

Engraçadas


Na calada da noite
Eu me inspiro e faço versos
Enquanto poucos se amam
Muitos fazem do amor
Autoreverso

Nós temos a capacidade
Pra entender
O que é da Lei,
Se destruir,
Tem que pagar

Vejam se enxergam
Como tudo é tão perfeito;
A formiga, a abelha, o avião,
O céu, a terra, o mar
Em perfeita sintonia
Só o homem não se alia
E o nosso planeta
Estão querendo deletar

Se pensas que ninguém
Está vendo
O que você anda fazendo
A causa e o efeito registrou
Na memória do seu computador

Vivem acumulando riquezas
Aí por que tanta pobreza
Vão morrer não vão levar
A fama não servi de passaporte
E no seu leito de morte
Não vai poder te ajudar

(Nice Veloso)

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Ilha Pedrão

Ouço uma poesia vinda do mar
Revelando-me segredos, mêdos
Nossos desejos, nossos ideais.
Meu chamado ecoa ao vento
E se perde no tempo,
Confundindo-se com o som das ondas
Ecoando uma sintonia
De alegria, saudade e dor!
Eu te escuto sussurro da noite,
Distante porém, tão perto de mim!?
Em meus devaneios, sempre te imaginei belo,
Complacente e livre;
No entanto, me causas mêdo
E um turbilhão que não me diz paz!
Minha garganta sêca reproduz um som
Quase de dor, e lamento
Oh! Pragmático século XXI!

(Nice Veloso)

Sensação

És o revoar dos pássaros na primavera
O vôo livre da gaivota praieira
A brisa fria e refrescante
De uma linda noite de luar.
És as manhãs ensolaradas de esperança e vida
És o vento que acaricia o meu corpo,
Que afaga meus cabelos,
Tocando de leve os meus lábios,
Despindo-me sutilmente ao luar!
A solidão me confunde
E tenho a sensação de sonhar vivendo
Ou de viver sonhando
Sentindo a sensação de estar contigo!
A vida caminha a passos lentos
O amor, é a magnitude desse caminhar.
Nesse amanhecer,
És o sol.

(Nice Veloso)

terça-feira, 18 de maio de 2010

Educação humanística para criar valor e ser feliz


"Makiguti, um educador além de seu tempo.
Sua vida não foi nada tranqüila.
Mesmo diante da mais dura realidade,
jamais se abalou e dedicou-se à educação
para a criação de valores humanos.
Um homem cuja as idéias inovadoras,
contribuem para a melhoria do ensino escolar,
mesmo após 60 anos de seu falecimento."

"MAKIGUTI EM AÇÃO."

(TC Novembro de 2004)

Internauta

Faço planos, tropeço e caio
Troco sonhos por estrelas cadentes
Para comemorar sua chegada
E você não vem, não me ouve, não me vê
Ando milhas sobre nós dois
Para alcançar a outra parte de ti
Mas, sei que nunca alcançarei você
Mesmo assim, caminharei!

(Nice Veloso)

Internet. Problema ou Solução???

"Desde o começo da escrita, o inútil e o irritante
estavam lá, junto com a verdade.
A internet não é diferente
- Ela será o que fizermos dela."

(Michel Serres, filósofo e matemático francês)


''A Internet é uma rede mundial que interliga
milhões de computadores em todo o mundo.
A Internet, quando utilizada positivamente,
revela-se como um importante fator de comunicação,
integração social, e globalização de produtos e idéias."

(TC Novembro de 2004)

Um certo alguém escreveu

Estou levando tua presença para a festa de ITAPOAN.
A lua, nossa presença constante,ainda é companheira
conhecida.
Estou palmilhando estas ruas, que me dizem tanto!?
A cada loura gelada tô, tô que tô, ligado a tua presença/
Dîstância meu amigo!
O rádio ligado, estes sons Baianos, liberta-me desejos
Alados, incomensuráveis.

(Nice Veloso)